Assessoria21320171440

Beto Pereira fala sobre as consequências da Operação Carne Fraca para a economia do país

Deputado Beto Pereira alerta sobre as consequencias da Operação Carne Fraca

O deputado estadual Beto Pereira ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa  para alertar sobre as consequências da Operação Carne Fraca, desencadeada pela Polícia Federal e Ministério Público, para a economia do Brasil. A Operação desmontou um suposto esquema de funcionários do Ministério da Agricultura que teriam recebido propina de frigoríficos para liberar carne para venda sem passar pela devida fiscalização.
Beto Pereira ressaltou que tudo que é tratado com exagero gera consequências que podem ser desastrosas. Para o parlamentar, houve um certo estardalhaço na condução e divulgação dos resultados da Operação Carne Fraca o que resultou em suspenção de importação da carne brasileira por diversos países. “Tudo que é tratado com radicalismo, seja em qual for a área, não é salutar. O que vimos nessa operação foi um espetáculo midiático que colocou em risco a economia do país e também a credibilidade de instituições tão importantes para o Brasil, que é o caso da Policia Federal e Ministério Público”, disse Beto.
Em seu discurso o deputado citou alguns números que comprovam a força que o mercado da pecuária tem para a economia brasileira. Em 2014, o Brasil arrecadou R$ 12 bilhões com as exportações de carne bovina, suína e de aves. “O setor do agronegócio é o que mantém em pé a nossa economia. Não podemos deixar que o trabalho de muitos produtores e industriais sérios caia na vala comum e nem que a imagem da Policia Federal e do Ministério Público seja manchada por culpa de uma operação inconsequente”, afirmou.
No total, 35 pessoas foram presas e o Mapa afastou 33 servidores envolvidos nesse suposto esquema que envolvia pagamento de propina para liberação de carne para venda sem a devida fiscalização – eles respondem a processo administrativo disciplinar. “A PF e o Ministério Público Federal não avaliaram com cautela as consequências dessa operação e acabaram prejudicando muito os setores que são os responsáveis pelos bons números da economia nacional. Sou a favor de uma fiscalização rigorosa da nossa carne, mas a forma como foi conduzido esse trabalho foi equivocada”, concluiu.