1069579-vac__abr_16.03.2017-1054

Temer anuncia retomada de empregos em fevereiro e destaca otimismo na economia

O presidente Michel Temer comemorou  a retomada da criação de empregos em fevereiro, depois de 22 meses seguidos de queda.

Ao convocar a imprensa para comentar dados positivos da economia brasileira, Temer informou que foram criados 35.612 empregos formais no mês passado. O presidente disse também que pode “garantir” que a inflação fechará este ano abaixo do centro da meta de 4,5% ao ano.

Em uma rara iniciativa, o próprio presidente anunciou os dados de emprego, durante uma fala no Palácio do Planalto. Os números geralmente são divulgados pelo Ministério do Trabalho.

Saiba Mais
Setor de serviços puxou criação de empregos em fevereiro
Mencionando a vida “indigna” dos brasileiros que ainda estão desempregados, Temer reconheceu que o dado é apenas “um começo”. “Nós temos muitos milhões de brasileiros que dependem de empregos, mas é preciso começar. E o começo veio com essa notícia que estou dando a vocês.”

De acordo com o presidente, o “otimismo deve guiar” os passos do governo e da economia. “Mais que nunca, eu verifico interesse de investimentos estrangeiros no nosso país”, disse ele, citando as reformas e medidas de ajuste que o Planalto vem implementando ao longo dos últimos meses.

Em um elogio ao apoio do Congresso na aprovação das propostas, Temer disse que as medidas reforçam a “estabilidade das instituições”.

“Estamos num clima de estabilidade política e social. [Sobre] a reforma da Previdência, é claro que há observações, que serão examinadas pelo governo”, afirmou.

O presidente destacou ainda a mudança da perspectiva da economia brasileira feita ontem pela Agência Moody’s. De acordo com Temer, a “queda substancial, em pouquíssimo tempo”, dos pontos negativos, depois que o país perdeu o grau de investimento em fevereiro do ano passado, sinaliza que o país poderá retomá-lo. “Ao longo do tempo é muito provável que se atinja uma pontuação que nos faça retomar o grau de investimento.”

Temer também lembrou o leilão de quatro aeroportos brasileiros, realizado hoje em São Paulo, que atingiu o valor de R$ 3,72 bilhões. Foi um “grande sucesso”, afirmou.